fevereiro 02, 2008

a minha maquina-ferramenta tem uma nova peça open source

Aqui vão as primeiras provas deste novo concubinato

Apesar de me considerar um bem-aventurado, e quem sabe o maior de todos, com a parceria homem/máquina (ou homem e máquina), a necessidade falou mais alto, tive de possuir uma coisa mais moderna, com novas aptidões, forma e teor mais jovem; agora o prazer das curvas e da cor tem outro sentido.

Chama-se Inkscape, é um excelente editor de SVG’s (Scalable Vectorial Graphics) em open source, com uma licença da “Free software foundation”, livre para usar e abusar; e mora aqui: http://www.inkscape.org/ Nestas coisas, de usar novas ferramentas, sou um bocado conservador, uso o corel o photoshop e outros utensílios de ocasião já desde o século passado, aos quais trato
por “tu”: como se pode ver aqui. Agora, talvez esta seja a minha maneira de aderir à “revolução tecnológica”, fazendo uns rabiscos mais ao gosto do novo século e lutando simultaneamente contra o despotismo do DRM (Digital Restrictions Management) e a favor do GNU .




- Maria Madalena não te arrelies, as modelos são para mim quase só trabalho e nada mais, pois é de ti que verdadeiramente gosto...

4 comentários:

Vieira Calado disse...

Tá porreiro!
Mas de rabiscos, quem sabe é quem arrabisca...

N. disse...

gosto muito mais deste visual, não percebo nada (nem fui ver os links) dos «afastem-se e morram de inveja, que nisto eu sou o melhor de todos - ou do mundo e arredores», e gostei igualmente das ilustrações ao post «afastem-se e morram de inveja, blá, blá, blá».
A Maria Madalena saberá o quanto é afortunada por teres modelos (fantasia) na cabeça que não ela, uma vez que se tivesses dito o contrario, ou estarias a mentir ou com um problema grave de saúde mental.

Francisco L disse...

A Madalena disse:
- Sim, tá bem...

efe disse...

felicidades para essa união homem/máquina.
;p